Click here to load reader

Separação magnética e eletrostatica

  • View
    2.544

  • Download
    3

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Aplicação da separação elétrica e eletrostática na industria com suas principais vantagens e os principais fornecedores de equipamentos

Text of Separação magnética e eletrostatica

  • 1. Professor: Helio Martins de Abreu Filho

2. Alunos: Daniel Pereira Laura Viana Luzlia Felix Renato Carmo Rogrio Papa 3. Separao Magntica e Eletrosttica 25/05/14 12:39 3 Rua Gasto Brulio dos Santos, 837 Nova Gameleira Belo Horizonte MG 30510-120 Tel.:(31) 3372.3703 Rua Aquiles Lobo, 524 Floresta Belo Horizonte MG 30150-160 Tel.:(31) 3274.1974 Contedo I. Conceitos II. Princpios de Funcionamento do Processo III. Descrio e Tipos dos Equipamentos IV. Principais Fabricantes V. Aplicaes Industriais VI. Vantagens e Desvantagens do Uso VII. Concluso 4. Histria Separao Magntica e Eletrosttica 4Luzlia Felix H mais de dois mil anos, os gregos antigos j conheciam as pedras especiais, nome dado s substncias capazes de atrair outras. A primeira referncia conhecida foi a do filsofo TALES DE MILETO no sec VI a.C. conhecido como o pai da filosofia Grega. Principais reas de interesse era Metafsica, tica, Matemtica e Astronomia. 5. Histria Separao Magntica e Eletrosttica 5Luzlia Felix A composio desta pedra especial de xido de ferro (Fe3SO4), Magnetita , encontrada em uma regio chamada Magnsia, na Grcia antiga. Tales observou que essa pedra de comportamento estranho tinha a propriedade de atrair materiais como o ferro. A pedra passou a ser chamada de im, e o estudo dos ims chamado de magnetismo. 6. Conceito Separao Magntica e Eletrosttica 6Luzlia Felix o estudo dos fenmenos e propriedades relacionadas atrao ou repulso observada entre determinados objetos (ims). Magnetismo Mudar figura 7. Conceitos Separao Magntica e Eletrosttica 7Luzlia Felix Im definido com um objeto capaz de provocar um campo magntico sua volta. Necessariamente um im e sempre composto por um plo norte e um plo sul. Im natural feito de minerais com substncias magnticas, como por exemplo, a magnetita. Im artificial So dispositivos sem propriedades magnticas, que utilizam a corrente eltrica para gerar um campo magntico, adquirindo permanente ou instantaneamente caractersticas de um m natural. Rever def. conceito 8. Conceitos Separao Magntica e Eletrosttica 8Luzlia Felix Atrao e Repulso 9. Propriedade dos Ims Separao Magntica e Eletrosttica 9Luzlia Felix Inseparabilidade dos Plos 10. O grande im: A Terra Separao Magntica e Eletrosttica 10Luzlia Felix O plo Norte geogrfico da Terra um polo sul magntico. Editar conceito 11. Histria Separao Magntica e Eletrosttica 11Luzlia Felix Fazer slide identico ao do thales de mileto 12. Conceito Separao Magntica e Eletrosttica 12Luzlia Felix o ramo da Fsica que estuda as propriedades e o comportamento de cargas eltricas em repouso, ou que estuda os fenmenos do equilbrio da eletricidade nos corpos que de alguma forma se tornam carregados de carga eltrica, ou eletrizados. Eletrosttica 13. Conceito Separao Magntica e Eletrosttica 13Luzlia Felix Campo Magntico Cercam materiais e correntes eltricas; So detectados pela fora que exercem sobre outros materiais magnticos e cargas eltricas em movimento; O campo magntico em qualquer lugar possui tanto uma direo quanto uma magnitude (fora); Melhorar conceito 14. Conceito Separao Magntica e Eletrosttica 14Luzlia Felix Linhas de Induo Preparar slide 15. Conceito Separao Magntica e Eletrosttica 15Luzlia Felix Campo Magntico Campo magntico feito com p de ferro sob uma lmina de vidro com um im na parte inferior. 16. Conceito Separao Magntica e Eletrosttica 16Luzlia Felix Propriedades magnticas O fenmeno que governa o magnetismo est no comportamento das partculas de indeterminados minerais quando expostas a um mesmo campo magntico isto a susceptibilidade magntica, isso resulta na j conhecida atrao ou repulso das partculas de minerais pelo campo magntico; Em electromagnetismo a susceptibilidade magntica (designada por ) mensura a capacidade que tem um material em magnetizar-se sob a ao de uma estimulao magntica - de um campo magnetizante - ao qual este submetido. Rever conceito 17. Propriedades Magnticas Separao Magntica e Eletrosttica 17Luzlia Felix Materiais Diamagnticos So materiais que, quando colocados na presena de um campo magntico externo, a resultante cria no interior do material alinhamento em oposio ao campo magntico, o que causa a sua mtua repulso. Ouro AuPrata Ag Cobre Cu Diamante 18. Propriedades Magnticas Separao Magntica e Eletrosttica 18Luzlia Felix Materiais Paramagnticos So materiais que, quando colocados na presena de um campo magntico externo, gera um fluxo aumentado dentro do material, estes tipos de materiais so ligeiramente atrados. Hematita Magnsio Lito 19. Propriedades Magnticas Separao Magntica e Eletrosttica 19Luzlia Felix Materiais Ferromagnticos So materiais fortemente paramagnticos que, quando submetidos a um campo magntico externo, ele aumentado de uma forma muito intensa, so materiais fortemente atrados. Ferro Cobalto Niquel 20. Princpios de Funcionamento do Processo Separao Magntica e Eletrosttica 20Renato Carmo Suponhamos que tenha uma mistura complexa de p de ferro e pregos em meio ao sal. Como retirar um dos componentes de maneira rpida e precisa? 21. Princpios de Funcionamento do Processo Separao Magntica e Eletrosttica 21Renato Carmo O processo de separao magntica um mtodo usado para separar metais ferromagnticos, presentes em uma mistura, por meio da fora de atrao do m. 22. Princpios de Funcionamento do Processo Separao Magntica e Eletrosttica 22Renato Carmo Exemplos de utilizao Processamento de minrios; Separao de alguns minrios de ferro de suas impurezas; Permite separar materiais fortemente magnticos a fracamente magnticos. 23. Aplicao Separao Magntica e Eletrosttica 23Renato Carmo Susceptibilidade magntica Mtodo a seco Usado em geral para a granulometria grossa; Mtodo a mido Usado para granulometria mais finas. 24. Eletrizao Separao Magntica e Eletrosttica 24Renato Carmo So usadas eletrizaes, que podem ser por: Contato ou Atrito; Induo; Bombardeamento inico. Cada processo proporciona certo aumento na carga superficial das partculas. Eletrizao de Partculas Minerais 25. Eletrizao de Partculas Minerais Separao Magntica e Eletrosttica 25Renato Carmo Minerais com naturezas diferentes em contato e separados posteriormente. Eletrizao por Contato ou por Atrito 26. Eletrizao de Partculas Minerais Separao Magntica e Eletrosttica 26Renato Carmo Partculas minerais em contato com uma superfcie condutora e aterrada, submetidas a um campo eltrico. Eletrizao por Induo 27. Eletrizao de Partculas Minerais Separao Magntica e Eletrosttica 27Renato Carmo Os gases, nas Condies Normais de Temperatura e Presso (CNTP), no conduzem a corrente eltrica, comportando-se como dieltricos; Por outro lado, se submetido a um potencial elevado, ocorre uma descarga inica e, consequentemente, a conduo da corrente eltrica. Eletrizao por Bombardeamento Inico 28. Equipamentos Separao Magntica e Eletrosttica 28Laura Viana Histria Os primeiros equipamentos a serem utilizados em escala industrial datam de 1800 e foram empregados na separao de ouro e sulfetos metlicos da ganga silicosa com baixa condutividade. No perodo de 1920-1940, com o advento da flotao, houve pouca utilizao do processo, somente a partir de 1940, com o progresso obtido no uso de fontes de alta tenso e os aperfeioamentos obtidos nas reas de eletricidade e eletrnica, tornou-se a separao eletrosttica competitiva, se comparada com outros processos na rea do processamento de minrios. 29. Equipamentos Separao Magntica e Eletrosttica 29Laura Viana Tipos de Separadores Os equipamentos utilizados na prtica tm em comum alguns componentes bsicos: Sistemas de alimentao e coleta dos produtos; Campo eltrico externo; Mecanismos de carregamento e Dispositivos de adesivos na trajetria das partculas dieltricas. A forma de um separador est essencialmente relacionada ao tipo de mecanismo utilizado no carregamento das diferentes espcies mineralgicas presentes separao. 30. Equipamentos Separao Magntica e Eletrosttica 30Laura Viana Separao Magntica Separadores Magnticos de refugo de ferro So usados para proteger o equipamento dos processos de operaes, como os britadores, pulverizadores e os transportadores. Usualmente aplicam-se a material seco ou a material que contm apenas umidade superficial. A separao visa retirar pedaos de ferro maiores que 1/8in. Polias motrizes magnticas mas suspensos Tambores magnticos mas planos Grades magnticas Detectores Metlicos 31. Equipamentos Separao Magntica e Eletrosttica 31Laura Viana Separao Eletrosttica o efeito que se consegue quando um ou mais de um material numa mistura granular recebe uma carga eltrica superficial num campo eltrico ou ao entrar num campo eltrico, os gros do material sero atrados por um dos eletrodos e repelidos por outro. A separao ou concentrao ocorre quando se fazem cair estes gros em calhas separadas. Equipamentos De placas De rotor 32. Equipamentos Separao Magntica e Eletrosttica 32Laura Viana Separador Magntico a mido de Alta Intensidade para Laboratrio Devido ao sistema de matrizes e a grande eficincia da separao nas faixas granulomtricas finas, o equipamento proporciona vantagens significativas comparado aos demais. A sua aplicao, devido operao sempre com alta intensidade restringe-se em geral, aos minerais paramagnticos Quando se trata de minerais ferromagnticos, o mtodo encontra srias limitaes. A remoo das partculas magnticas captadas pela matriz, dificultada em virtude da alta susceptibilidade magntica dos minerais, mesmo utilizando presses de 40 a 50 psi na gua de lavagem. 33. Equipamentos Separao Magntica e Eletrosttica 33Laura Viana Separador Magntico Tipo Carrossel O material magntico captado pela matriz, ou pelo menos retardado o suficiente para ser carregado pelo movimento do anel rotativo a uma regio de campo com baixa intensidade, onde as partculas magnticas remanescentes na matriz, so descarregadas por meio de um jato d'gua, sendo o material magntico recolhido num determinado ponto da calha coletora. A separao obtida com seletividade, visto que facilmente se