Apocalipse escatologia

  • View
    68

  • Download
    10

Embed Size (px)

Text of Apocalipse escatologia

1. Porque a viso ainda para o tempo determinado, e at o fim falar, e no mentir,; se tardar, espera-o, porque certamente vir, no tardar ( Hc 2.3) Gn 3.15 ( A PRIMEIRA PROFECIA ESCATOLGICA) 2 Sm 7.12,13 ( A PROMESSA DE UM REDENTOR) IS 7.14 9.6 42.14 ( Predio do futuro REI) Apc. 13:8 O cordeiro de Deus foi morto antes da fundao do mundo 2. Para entender o APOCALIPSE preciso conhecer: TEXTOS APOCALIPTICOS : ISAAS ( Is. 24-27) (Is. 34,51,17,65,66) EZEQUIEL ( Ez 38-39) JOEL ( Jl 2-3) ZACARIAS ( Zc 9,12-14) DANIEL ( Dn 7:13) AMS (Ams 5:18-27) SOFONIAS ( Sf 1: 14-18 / 2: 1-3) JUDAS ( Jd 6 os anjos aprisionados) AS PALAVRAS DE JESUS ( Mt 24, Mc 13, Lc 21) 3. (1 Tes., 4:16,17) Porque o mesmo Senhor descer .... e assim estaremos sempre com o Senhor. AP 1:3 "Bem-aventurado aquele que l, e os que ouvem as palavras desta profecia, e guardam as coisas que nela esto escritas porque o tempo est prximo." MT 24:36,39) "Mas daquele dia e hora ningum sabe, nem os anjos do cu, mas unicamente meu Pai. ...., assim ser tambm a vinda do Filho do homem." I Corntios 15:50-54 Eis aqui vos digo um mistrio: Na verdade, nem todos dormiremos, mas todos seremos transformados; Num momento, num abrir e fechar de olhos, ante a ltima trombeta; porque a trombeta soar, e os mortos ressuscitaro incorruptveis, e ns seremos transformados 4. Ele tambm identificado como o Assrio (Isaas 10:24, 31:8, Miquias 5:5), o rei da Babilnia (Isaas 14:4), Gogue (Ezequiel 38:18), o pequeno chifre (Daniel 7:8), o rei de feroz catadura (Daniel 8:23), um prncipe que h de vir (Daniel 9:26-27), um homem vil, faltando-lhe a dignidade real (Daniel 11:21), o perverso (Isaas 11:4), e o inquo (II Tess. 2:8). o drago os diademas esto sobre suas cabeas (conquista espiritual), mas na besta esto sobre seus chifres (conquista poltica). 5. Governo poltico e blico Blasfemar o nome de Deus receber satans. o prprio anticristo sofrer um golpe mortal mas ser aparentemente reavivado por Satans, para assombro do mundo inteiro. A partir do meio da tribulao, ele falar com insolncia, ser adorado pelo mundo, far guerra contra os santos (os judeus fiis, especialmente) e prevalecer contra eles (Daniel 7:8,20,21,24-26) por trs anos e meio at o fim desse perodo. Todos os habitantes da terra sero forados a receber na mo direita ou na fronte a marca, o nome ou o nmero do anticristo, admitindo assim que ele o seu senhor, sem o que no podero comprar ou vender nada. 6. A Besta que sai da terra Com dois chifres, parece com um cordeiro (indicando mansido), mas fala como drago (enganosamente). Ela ser um homem religioso, um sacerdote, chamado o falso profeta (Apc. 16:13, 19:20, 20:10), e, como o anticristo, ele vir das naes gentlicas: mar e terra parecem ter o mesmo significado (Daniel 7:3 e 17). FALAR PELO DIABO (APC 13) RESSUSCITA O ANTICRISTO FAZ UMA IMAGEM PARA O DIABO FALAR ATRAVS DELA. 7. O Instrutor, Maitreya no vem como um lder religioso ou fundador de uma nova religio, mas sim como professor e guia para as pessoas de todas as religies e para aqueles sem religio. Entre as recomendaes de Maitreya est uma mudana nas prioridades sociais de modo que a alimentao, a moradia, a educao e a sade pblica adequada se convertam em direitos universais. Sob a inspirao de Maitreya a humanidade far as mudanas necessrias e criar um mundo mais razovel e justo para todos. "As esperanas agora so grandes para MEU Reaparecimento. Com alegria ME apresentarei s pessoas. Busquem por MIM e ME encontraro esperando. Procurem por MIM e peguem Minha mo. EU necessito sua ajuda para estar diante de vocs, para abenoar este mundo e ensinar, para mostrar aos homens que o caminho simples, requer somente aceitar a justia e a liberdade, Compartilhar e Amar" 8. O Pontifcio Conselho Justia e Paz do Vaticano publicou uma nota abordando o tema da crise financeira mundial, intitulada Para uma reforma do sistema financeiro e monetrio internacional na perspectiva de uma autoridade pblica de competncia universal. Nessa nota, sob argumentos humanitrios, o Vaticano prope que todos os pases do mundo avancem nos estudos de estabelecer uma autoridade mundial, para assuntos financeiros e blicos. 9. O ANTICRISTO FERIDO E RESSUSCITADO PROCLAMANDO-SE deus - Dn 9.27 - AP 13:3 COMEAM AS PERSEGUIES E OS FALSOS CRISTOS - Mt 24: 5 -30 e Mc 13 APC 13:7-10 APARECEM AS 2 TESTEMUNHAS E OS 144 MIL A PREGAR O EVANGELHO E A FAZER MILAGRES ( APC 8 a 11) COMEAM AS PRAGAS DOS 7 SELOS E DAS 6 PRIMEIRAS TROMBETAS. APC. 5 a 11 VEM O JUZO DA SETIMA TROMBETA : O DERRAMAMENTO DAS 7 TAAS DA IRA. APC 11 10. ESPECULAES SOBRE O NMERO DA BESTA... SUPERSTIES.... 11. 1. APC 6: 1-2 O CAVALO BRANCO - FALSA PAZ O ANTICRISTO 2. APC 6:3-4 O CAVALO VERMELHO III GUERRA MUNDIAL 3. APC 6:5-6 O CAVALO NEGRO - FOME E PESTE 4. APC 6: 7-8 O CAVALO AMARELO MORTE 5. TERREMOTO MUNDIAL 6. RETORNO DA PERSEGUIO AOS CRENTES 12. 1.LCERA DA PELE E TUMORES MALIGNOS ( EX 9:9-11 DT 28-35) 2.UM TERO DAS GUAS SALGADAS - MORTE NOS OCEANOS E GUA TRANSFORMADA EM SANGUE 3.AGUA DOS RIOS E MANANCIAIS TRANFORMADA EM SANGUE (EX 7:17-25 , SL 78.44) 4. AUMENTO DA TEMPERATURA E DIMINUIO DA LUZ EM UM TERO 5. ESCURIDO TOTAL (ECLIPSE) 6. 7 REINOS SE LEVANTARO CONTRA ISRAEL INVASO DE JERUSALM 7. DESTRUIO TOTAL DO REINO DO ANTICRISTO E JERUSALM DIVIDIDA GRANIZO DE 20-50KG 13. A segunda vinda do Messias Jesus: o local inicial de Seu retorno ser em Bozra, no monte Seir (Isaas 34:1-7, 63:1-6, Habacuque 3:3, Miqueias 2:12-13, Juzes 5:4-5), e Ele vir sobre as nuvens do cu (Mateus 24:30), da mesma forma como Ele deixou a terra (Atos 1:9-11), com poder e grande glria (Apocalipse 19:11-16) . Ele ser acompanhado por um grande exrcito de anjos (Mateus 16:27) e outro de santos da igreja previamente arrebatada (Judas 14-15), mas Ele far toda a guerra Ele prprio (Isaas 63:1-6). Haver um abate macio de todos os exrcitos das naes (Apocalipse 19:17-18,21, Ezequiel 39:17-20). S ento as naes gentias percebero que Deus no rejeitar o Seu povo para sempre (Ezequiel 39:21-29). Outra profecia da Sua vinda encontrada em Habacuque 3:1-19. 14. Passados 1000 anos o diabo solto para reunir seus exrcitos. A trindade satnica se junta e a batalha final comea. 15. O julgamento dos salvos, aqueles que construram as suas vidas sobre a fundao de Jesus Cristo, descrito em 1 Corntios 3:11-15. Trata-se de um julgamento de obra (singular), em vez de obraS (no plural). O julgamento dos incrdulos tem a finalidade de analisar suas obraS (plural), para demonstrar o seu pecado contra a lei de Deus e a sua rejeio da luz de Deus, e justificar a sua condenao eterna. O julgamento da obra do crente pode resultar em perda de recompensa, ... mas o tal ser salvo, todavia como pelo fogo. (1 Cor. 3:15). O julgamento das obras dos descrentes, por outro lado, resulta nele ser lanado para dentro do Lago de Fogo. Nenhuma exceo mencionada [todos os que no foram salvos durante esta vida, comparecero ao Julgamento do Grande Trono Branco e sero justamente condenados ao sofrimento indescritvel, inimaginvel, consciente, eterno, no Lago de Fogo eterno]. 16. Na verdade, na verdade vos digo que quem ouve a minha palavra, e cr naquele que me enviou, TEM a vida eterna, e NO entrar em condenao, mas passou da morte para a vida. (Jo 5:24) 17. E vi um novo cu, e uma nova terra. Porque j o primeiro cu e a primeira terra passaram, e o mar j no existe. E eu, Joo, vi a santa cidade, a nova Jerusalm, que de Deus descia do cu, adereada como uma esposa ataviada para o seu marido. E ouvi uma grande voz do cu, que dizia: Eis aqui o tabernculo de Deus com os homens, pois com eles habitar, e eles sero o seu povo, e o mesmo Deus estar com eles, e ser o seu Deus. E Deus limpar de seus olhos toda a lgrima; e no haver mais morte, nem pranto, nem clamor, nem dor; porque j as primeiras coisas so passadas. Apocalipse 21:1-4 18. a taa de aceitao - acrdo de sangue (tambm chamado acrdo de servo), por meio do qual se comprometiam a uma vida inteira de servio um pelo outro.. a taa de noivado e amizade. - manter uma amizade eterna com os seus filho e filha comuns e entre si mesmas - discusso sbre os pormenores do contrato de casamento. a taa da herana. - momento em que a jvem se tornava oficialmente noiva - Os jvens da famlia iam ento pelas ruas tocando trombetas (shofars), a anunciar a toda a comunidade que o contrato de casamento (noivado) tinha sido assinado. Se um dles morresse, o sobrevivente herdava os bens do morto 19. Depois do contrato de casamento ter sido aceite e do casal ter bebido da terceira taa, o noivo dava prendas noiva e prometia-lhe que havia de a vir buscar para estar consigo depois de lhe ter preparado um lugar na casa de seu pai. Entretanto a noiva ocupava- se nos preparativos para a sua vida de casada. No seu quarto tinha uma lmpada a leo que seria mantida acesa durante as noites. Devia ter cuidado que nunca faltasse leo na lmpada, de maneira a que no se apagasse quando o noivo a viesse buscar. Quando sasse rua durante o dia, usava sempre um vu, que indicava que tinha sido comprada por certo preo e que j pertencia a um homem. O noivo vinha buscar a noiva ao entardecer ou noite usualmente entre as seis e a meia noite. Quando com os amigos se aproximava da casa da noiva, les davam um grito alto e tocavam o shofar, para dizerem noiva e damas de honor que sassem imediatamente ao encontro do noivo fora na estrada. Aquelas que no tinham leo suficiente naquele momento crtico, chegavam atrasadas ao enconto e ficavam para trs. a taa de agradecimento.