6732 casos praticos

  • View
    661

  • Download
    1

Embed Size (px)

Transcript

  • 1. Jos Luiz dos Santos doutor em Economia pela Universidade Fede- ral do Rio Grande do Sul (UFRGS) e mestre em Cin- cias Contbeis pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos (UNISINOS). Diretor, professor, pesquisador e orientador da Faculdade So Francis- co de Assis (UNIFIN) e professor da ps-graduao da UFRGS e da UNI- FIN. Scio da Integral Consultoria Empresarial, consultor empresarial e coautor de dezenas de livros nas reas tributria, de contabilidade gerencial, controladoria, contabilidade avanada e contabilidade internacional, publica- dos pela Atlas. Paulo Schmidt doutor em Conta- bilidade e Contro- ladoria pela Facul- dade de Economia, Administrao e Contabilidade da Universidade de So Paulo (FEA/USP). Professor, pes- quisador, orientador e coordenador do curso de mestrado em Controla- doria na Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Membro da Academy of Accounting Historians, consultor empresarial e coautor de dezenas de livros nas reas de conta- bilidade gerencial, controladoria, con- tabilidade avanada e contabilidade internacional, publicados pela Atlas. CONTABILIDADE AVANADA Aspectos Societrios e Tributrios CONTABILIDADEAVANADASantosSchmidtFernandes 3a Edio Atualizada pela Lei no 11.941/09 e pelas normas do CPC Combinaes de Negcios Consolidao Plena e Proporcional Joint Ventures Equivalncia Patrimonial de Investimentos no Exterior Jos Luiz dos Santos Paulo Schmidt Luciane Alves FernandesCONTABILIDADE AVANADA Aspectos Societrios e Tributrios Este livro apresenta uma sntese dos principais temas relacionados contabilidade avanada,emespecialamensuraoeoregistrocontbildaequivalnciapatrimonial, os principais procedimentos relacionados elaborao de demonstraes contbeis consolidadas e operaes de incorporao, fuso e ciso de empresas. Para atingir tal objetivo, aborda questes como equivalncia patrimonial de investimentos no exterior, joint ventures, consolidao das demonstraes contbeis plena e proporcional e combinaes de negcios, incluindo as alteraes introduzidas pela Lei no 11.941/09 e pronunciamentos tcnicos revisados do CPC. A principal caracterstica desta obra, que a diferencia das demais, a de vincular conceitos contbeis com leis e normatizaes societrias e tributrias vigentes, tornando-a muito til para consultas de profissionais do dia a dia, sem se descuidar de seu cunho didtico. Alm disso, possui excelente material prtico, que no s elucida pontos mais complexos, como tambm viabiliza a apreenso do contedo terico, facilitando, dessa forma, sua aplicao em casos concretos. Aplicao Livro-texto para a disciplina Contabilidade Avanada dos cursos de graduao em Contabilidade e dos cursos de ps-graduao em Contabilidade, Controladoria e Finanas. Leitura complementar para profissionais da rea de contabilidade. Luciane Alves Fernandes dou- tora em Agroneg- cios pela Univer- sidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e mestre em Cincias Cont- beis pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos (UNISINOS). Professora, pesquisadora e orientadora da Facul- dade So Francisco de Assis (UNI- FIN) e professora da ps-graduao da UNIFIN. Scia da Integral Consul- toria Empresarial, consultora empre- sarial. Coautora de dezenas de livros nas reas tributria, de contabilidade geral, contabilidade avanada e con- tabilidade internacional, publicados pela Atlas. 6732.indd 1 19/12/2011 15:32:16

2. Jos Luiz dos Santos Paulo Schmidt Luciane Alves Fernandes Aspectos Societrios e Tributrios SO PAULO EDITORA ATLAS S.A. 2012 Contabilidade Avanada Combinaes de Negcios Consolidao Plena e Proporcional Joint Ventures Equivalncia Patrimonial de Investimentos no Exterior 3a Edio Atualizada pela Lei no 11.941/09 e pelas normas do CPC Material de site Portal Atlas Casos Prticos 3. 2 Contabilidade Avanada Santos/Schmidt/Fernandes 1 Caso prtico de consolidao plena Essa seo apresenta um exemplo prtico de consolidao das demonstraes financeiras de um grupo empresarial constitudo por trs empresas, a controladora Delta, sua subsidiria integral mega e sua controlada Sigma, cuja participao no capital social de 80%, sendo que a subsidiria integral mega foi constituda no ano 20X1. Durante o exerccio social de 20X1, ocorreram as seguintes operaes intercompanhias: a)em julho de 20X1, a controladora Delta concedeu um emprstimo via contrato de mtuo para a subsidiria integral mega no valor de $ 6.000, em dinheiro; b)em setembro de 20X1, a controladora Delta efetuou a venda de mercado- rias a prazo, cujo custo era de $ 4.200, por $ 8.400, para sua subsidiria integral mega, sendo que na data do balano patrimonial elas ainda permaneciam nos estoques da subsidiria; c)em agosto de 20X1, a controlada Sigma emprestou, por meio de uma operao de mtuo, para a controladora Delta, o valor de $ 3.800, em dinheiro; d)em outubro de 20X1, a controlada Sigma vendeu mercadorias a prazo para sua controladora Delta, cujo custo era de $ 7.200, por $ 14.000, sendo que na data do balano patrimonial as mesmas j haviam sido vendidas para terceiros. Alm disso, cabe ressaltar algumas informaes adicionais em relao ao exemplo apresentado, dentre as quais se destacam as seguintes: as empresas vendem produtos que no so tributados pelo PIS e pela Cofins, pois os produtos vendidos pelas empresas se enquadram no re- gime de substituio tributria; as operaes de venda entre as companhias referem-se a produtos en- quadrados no regime de substituio tributria de ICMS. Em funo disso, nenhum ajuste relativo a esses tributos foi considerado na elaborao das demonstraes financeiras consolidadas, pois os mesmos, em fun- o do exposto anteriormente, no geraram quaisquer efeitos na demonstrao do resultado do exerccio das companhias componentes do grupo consolidado. As demonstraes financeiras individuais, as quais incluem o balano patri- monial, a demonstrao do resultado do exerccio, a demonstrao de lucros e prejuzos acumulados e a demonstrao do fluxo de caixa, do grupo empresarial, esto apresentadas nos Quadros 1 a 6. 4. Consolidao das Demonstraes Financeiras 3 Quadro 1 Demonstraes do resultado do perodo das companhias Delta, mega e Sigma. DEMONSTRAO DO RESULTADO DO PERODO DELTA MEGA SIGMA RECEITA BRUTA 69.300 49.000 56.000 DEDUES DE VENDAS 8.316 8.330 7.140 ICMS S/ VENDAS 8.316 8.330 7.140 RECEITA LQUIDA 60.984 40.670 48.860 CUSTO DAS MERCADORIAS VENDIDAS 34.629 23.640 25.320 LUCRO BRUTO 26.355 17.030 23.540 DESPESAS COM VENDAS 4.632 3.910 3.051 DESPESAS COM PESSOAL 3.940 3.240 2.760 DEPRECIAO 692 0 291 ALUGUIS 0 670 0 DESPESAS ADMINISTRATIVAS 7.570 4.630 3.640 DESPESAS COM PESSOAL 4.900 4.200 2.980 DESPESAS MATERIAL DE EXPEDIENTE 2.670 430 660 DESPESAS FINANCEIRAS 3.910 990 1.320 VARIAO MONETRIA PASSIVA 3.910 0 1.320 DESPESAS BANCRIAS 0 990 0 RECEITAS FINANCEIRAS 1.390 625 1.110 VARIAO MONETRIA ATIVA 1.390 0 1.110 RENDIMENTO APLICAES FINANCEIRAS 0 625 0 OUTRAS RECEITAS OPERACIONAIS 8.040 320 330 RESULTADO DE EQUIVALNCIA PATRIMONIAL 8.360 0 0 PERDAS COM ESTOQUES 320 320 330 RESULTADO OPERACIONAL 19.673 7.805 16.309 RESULTADO ANTES DA CS E IR 19.673 7.805 16.309 CONTRIBUIO SOCIAL 1.018 702 1.468 PROVISO PARA IMPOSTO DE RENDA 1.544 1.171 2.446 RESULTADO ANTES DAS PARTICIPAES 17.111 5.932 12.395 DEBNTURES 1.711 593 1.240 EMPREGADOS 1.540 534 1.116 ADMINISTRADORES 710 481 1.004 LUCRO LQUIDO 13.150 4.324 9.035 5. 4 Contabilidade Avanada Santos/Schmidt/Fernandes Quadro 2 Balano patrimonial da controladora Delta. BALANO PATRIMONIAL CONTROLADORA DELTA (EXERCCIO FINDO EM 31/12/X1) ATIVO 31/12/X 31/12/X1 PASSIVO 31/12/X 31/12/X1 CIRCULANTE 23.986 92.075 CIRCULANTE 18.110 93.624 DISPONIBILIDADES 9.786 55.116 FORNECEDORES 6.170 58.510 CAIXA 5.946 54.446 SALRIOS A PAGAR 2.450 4.150 BANCOS 3.840 670 CONTAS A PAGAR 7.230 7.230 PROVISO DE FRIAS 2.260 2.680 DIREITOS REALIZVEIS 12.610 35.369 PROVISO P/ IMP. RENDA 1.544 CLIENTES 3.630 12.030 CONTRIBUIO SOCIAL 1.018 ESTOQUES 7.790 18.900 PARTICIPAES A PG 3.961 ADIANTAMENTO DE VIAGEM 1.190 1.190 DIVIDENDOS A PAGAR 4.006 DIVIDENDOS A RECEBER 3.249 ENCARGOS SOCIAIS A PG 4.690 ICMS A PAGAR 2.035 DESPESAS DO EXERCCIO SEGUINTE 1.590 1.590 EMPRSTIMO SIGMA 3.800 SEGUROS PAGOS ANTECIPADAMENTE 1.590 1.590 NO CIRCULANTE 8.230 12.720 FINANCIAMENTOS A PG LP 5.140 9.630 NO CIRCULANTE 22.984 43.973 ALUGUIS RECEBIDOS ANTECIPA- DAMENTE 3.090 3.090 REALIZVEL A LP 1.620 10.120 EMPRSTIMO COMPULSRIO 1.620 4.120 PATRIMNIO LQUIDO 20.630 29.704 EMPRSTIMO MEGA 6.000 CAPITAL SOCIAL 13.950 14.300 INVESTIMENTOS 7.064 18.175 CAPITAL SUBSCRITO 15.260 15.260 PARTICIPAES EM CONTROLADAS 7.064 18.175 CAPITAL A INTEGRALIZAR 1.310 960 IMOBILIZADO 14.300 14.908 RESERVA DE CAPITAL 0 0 IMVEL DE USO 17.290 17.290 DEPRECIAO ACUM. IMVEL DE USO 2.990 3.682 RESERVA DE REAVALIAO 2.110 2.110 VECULOS 1.300 RESERVAS DE LUCROS 2.880 3.163 INTANGVEL 0 770 RESERVA LEGAL 0 658 MARCAS E PATENTES 770 RESERVA ESTATUTRIA 0 1.315 RESERVA DE CONTINGNCIAS 1.690 0 RESERVA DE LUCROS A REALIZAR 1.190 1.190 LUCROS ACUMULADOS 1.690 10.131 TOTAL DO ATIVO 46.970 136.048 TOTAL PASSIVO 46.970 136.048 6. Consolidao das Demonstraes Financeiras 5 Quadro 3 Balano patrimonial da controlada mega. BALANO PATRIMONIAL CONTROLADA MEGA (EXERCCIO FINDO EM 31/12/X1) ATIVO 31/12/X 31/12/X1 PASSIVO 31/12/X 31/12/X1 CIRCULANTE 0 70.455 CIRCULANTE 0 61.668 FORNECEDORES 0 40.400 DISPONIBILIDADES 0 33.465 SALRIOS A PAGAR 0 3.200 CAIXA 0 22.930 CONTAS A PAGAR 0 430 BANCOS 0 10.535 PROVISO P/ IMP. RENDA 0 1.171 CONTRIBUIO SOCIAL 0 702 DIREITOS REALIZVEIS 0 35.940 PARTICIPAES A PG 0 1.608 CLIENTES 0 24.500 DIVIDENDOS A PAGAR 0 1.027 ESTOQUES 0 11.000 ENCARGOS SOCIAIS A PG 0 4.240 ADIANTAMENTOS FUNCIONRIOS 0 440 ICMS A PAGAR 0 2.890 EMPRSTIMO DELTA 6.000 DESPESAS DO EXERCCIO SEGUINTE 0 1.050 SEGUROS PAGOS ANTECIPADAMENTE 0 1.050 NO CIRCULANTE 0 0 FINANCIAMENTOS A PG-LP 0 0 ALUGUIS RECEBIDOS ANTECIPA- DAMENTE 0 0 NO CIRCULANTE 0 510 REALIZVEL A LP 0 0 0 0 PATRIMNIO LIQUIDO 0 9.297 INVESTIMENTOS 0 0 CAPITAL SOCIAL 0 6.000 PARTICIPAES EM CONTROLADAS 0 0 CAPITAL SUBSCRITO 0 6.000 CAPITAL A INTEGRALIZAR 0 0 IMOBILIZ