Apostila Escatologia

  • View
    16.608

  • Download
    9

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Informações sobre últimos tempos, Apocalipse, Arrebatamento da igreja, Grande Tribulação, diferenças entre Israel e Igreja, etc.O verdadeiro crente deve dar valor às profecias bíblicas, para entender os sinais dos tempos e os sinais que precedem ao arrebatamento da igreja.Conhecer a doutrina das últimas coisas, a Escatologia, nos faz ficar mais alertas e preparados nestes últimos tempos em que vivemos.O Arrebatamento da igreja é e sempre foi IMINENTE!

Text of Apostila Escatologia

ESCATOLOGIAEis que presto venho: Bem-aventurado aquele que guarda as palavras da profecia deste livro. (Ap 22:7)

Humberto Ribeiro Fontes Outubro/2006 E-mail: taniaehumberto@ig.com.br

2

ESCATOLOGIAEscatologia uma palavra que no original grego se subdivide em dois termos: ESKATOS = Significa "ltimo" LOGIA = Significa "estudo"

Portanto, ESCATOLOGIA significa "Estudo das ltimas Coisas" ou "Estudo das Coisas Futuras".

POR QUE ESTUDAR A BBLIA E AS PROFECIAS?A Bblia nos exorta a crescer no conhecimento da Palavra de Deus, inclusive nos acontecimentos profticos: E temos, mui firme, a palavra dos profetas, qual bem fazeis em estar atentos, como a uma luz que alumia em lugar escuro, at que o dia amanhea, e a estrela da alva aparea em vossos coraes. (2 Pe 1:19) Jesus, porm, respondendo, disse-lhes: Errais, no conhecendo as Escrituras, nem o poder de Deus. (Mt 22:29) Procura apresentar-te a Deus aprovado, como obreiro que no tem de que se envergonhar, que maneja bem a palavra da verdade. (2 Tm 2:15) Toda a Escritura divinamente inspirada, e proveitosa para ensinar, para redargir, para corrigir, para instruir em justia; para que o homem de Deus seja perfeito, e perfeitamente instrudo para toda a boa obra. (2 Tm 3:16-17) Combati o bom combate, acabei a carreira, guardei a f. Desde agora, a coroa da justia me est guardada, a qual o Senhor, justo juiz, me dar naquele dia; e no somente a mim, mas tambm a todos os que amarem a sua vinda. (2 Tm 4:7-8) Bem-aventurado aquele que l, e os que ouvem as palavras desta profecia, e guardam as coisas que nela esto escritas; porque o tempo est prximo. (Ap 1:3) Eis que presto venho: Bem-aventurado aquele que guarda as palavras da profecia deste livro. (Ap 22:7)

PR-TRIBULACIONISMO:O arrebatamento da Igreja acontece antes da Grande Tribulao. Como guardaste a palavra da minha pacincia, tambm eu te guardarei da hora da tentao que h de vir sobre todo o mundo, para tentar os que habitam na terra. (Ap 3:10).

3

A Igreja no passar pela tribulao, porque: A Bblia nunca assim o declarou explicitamente. Ap 1 fala do passado (as coisas que vistes); Ap 2 e Ap 3 do presente (as coisas que so); Ap 4 at Ap 22 do futuro (as coisas que ho de ser). Depois de Ap 3 a Igreja nunca mencionada. Em Ap 4, os 24 ancios (smbolos da Igreja) j esto no trono antes de comear a Tribulao; em Ap 19:8, 14, a Igreja VOLTA a terra ao final da Tribulao; logo no estava aqui naquele perodo! Cristo prometeu Igreja verdadeira Eu te guardarei da hora da tentao Ap 3:10. Ap 15:1; 16:1, 19 dizem que a Grande Tribulao um perodo de juzo sobre um mundo mpio, a Igreja apstata e Israel rebelde. Usam expresses fortssimas: flagelo, vinho do furor de Deus, 7 taas da clera de Deus! Mas Jo 5:24, Rm 5:9, 1 Ts 1:10; 5:9 nos garantem que o salvo no entra em juzo, no foi destinado para a ira, e Jesus nos livra da ira vindoura. A Grande Tribulao, embora afetando o mundo inteiro, primordialmente para castigar Israel Jr 30:4-9; Dn 12:1; Mt 24:15, 21. No h nenhum sinal cronolgico quanto vinda de Cristo para arrebatar a Igreja; mas h muitos sinais cronolgicos (1260, 2520 dias, tempo, tempos e metade de tempo, 42 meses, etc.) que se aplicam s a Israel. Dn 9:25-27 profetizou 70 semanas para Israel e Jerusalm. Na 69 semana, Israel rejeitou e crucificou seu Senhor. Por isso a fita de Israel foi interrompida e acionada a da Igreja. Completada esta, ser reacionada a fita de Israel, para cumprir-se a 70 semana, a Grande Tribulao, chamada Tribulao de Jac em Dn 12:1; Jr 30:7; Ap 12:7-9. Como a Igreja no esteve presente nas primeiras 69 semanas, no estar na 70 (ltima). A trombeta de 1 Co 15:52 (instantnea, relacionada com o Arrebatamento) diferente daquela de Ap 10:17; 11:15-19 (prolongada; relacionada com juzo)! Jos (tipo de Cristo) casou-se com Azenate (tipo da Igreja) quando estava rejeitado pelos seus irmos (tipo de Israel) e antes dos 7 anos de fome (Gn 41:45). Enoque foi arrebatado antes do dilvio (Jd 14-16; Gn 5:24). No, antes das guas (Gn 6; Lc 17:26-27,30). L, antes do fogo (Gn 19; Lc 17:28-30). A Igreja, o corpo de Cristo, uma s com Ele e em Ele. Portanto, se a Igreja passasse pela 70 semana, o prprio Cristo passaria pelo julgamento e castigo de Deus, o que impossvel (Hb 9:25-27). Se a Igreja passasse pela Tribulao, como todos nesse perodo tero que se sujeitar ao Diabo (Ap 13:7), ento Cristo estaria sujeito ao Diabo ou deixaria de ser o Cabea da Igreja. A igreja o sal da terra e a luz do mundo. Somente quando a Igreja (o sal) for retirado que o mundo entrar em completa e veloz putrefao moral e espiritual, resultando na Grande Tribulao (Mt 5:13-16; 2 Ts 2:6-10).

PR-MILENISMO DISPENSACIONALISTA:A Grande Tribulao corresponde 70 semana de Daniel (Dn 9:24-27) e acontece antes do Milnio (2 Tm2:12; Ap 20:6). O Pr-milenismo ensina que Jesus Cristo voltar antes do perodo milenar (Dn 2:35; Dn 7:27; Sl 2:8-9; Zc 8:23; Ap 5:10; Ap 20:4-6).

4 Esse entendimento comeou a desaparecer com o incio da igreja catlica, no tempo de Agostinho (354-430 A. D.). O Catolicismo unido com o Estado, na poca de Constantino, fez esmorecer a esperana da volta de Jesus. Os amilenistas (como so conhecidos), no crem na literalidade do Reino Milenial de Jesus Cristo aqui na Terra. Para eles, o Milnio uma realidade puramente espiritual, que se estende do primeiro advento ao segundo advento de Cristo, perodo este que j completou quase 2000 anos e que culminar na Grande Tribulao, para a restaurao da igreja e o progresso do testemunho do evangelho. Eles so preteristas e no futuristas e afirmam, ainda, que os eventos dos fins dos tempos j se cumpriram no ano 70 d. C., quando da destruio do templo de Jerusalm, pelas legies romanas do General Tito. Devemos nos lembrar que, em Mt 24:15, o Senhor Jesus no est se referindo destruio do templo em 70 d. C., mas Ele est falando dos tempos do fim. Mateus 24 menciona algo que se cumprir apenas nos tempos do fim: "a abominao da desolao" (v. 15) e o versculo 30 prova que os eventos dos fins dos tempos no se resumiram destruio do templo de Jerusalm no ano 70 d. C., pois o prprio Senhor Jesus Cristo voltar ao seu final. Devemos observar a "Lei do Duplo Cumprimento", que diz que antes do infalvel cumprimento "maior" (literal + completo + definitivo) de uma profecia, s vezes a mesma pode ser cumprida somente num sentido "menor" (simblico + incompleto + temporrio). Ex: a profecia de Jl 2:28-32 (referente ao fim dos tempos), cumprida em escala menor no Pentecostes (At 2:17-21); a destruio de Jerusalm no ano 70 d. C., que uma "pequena amostra preliminar" da profecia de Dn 9:26, que de modo algum substitui ou impede o cumprimento total e literal da mesma, etc. Lembremos que sempre houve pr-milenistas. Durante a Reforma, os anabatistas ajudaram a reviver o pr-milenismo. As bases Bblicas para o pr-milenismo [embora Ap 20:1-7 seja um forte apoio] so desenvolvidas no A.T. e N.T. E vi tronos; e assentaram-se sobre eles, e foi-lhes dado o poder de julgar; e vi as almas daqueles que foram degolados pelo testemunho de Jesus, e pela palavra de Deus, e que no adoraram a besta, nem a sua imagem, e no receberam o sinal em suas testas nem em suas mos; e viveram, e reinaram com Cristo durante mil anos... (Ap 20:4) As alianas do A.T. com Abrao e Davi estabelecem uma promessa incondicional de um reino em Cana liderado pelo definitivo Filho de Davi (Is 65).

FUTURISMO: uma maneira de se entender as profecias do Apocalipse, segundo a qual, virtualmente todos os eventos ali descritos ocorrero no futuro, durante a Grande Tribulao, na 2 vinda de Jesus Cristo e no Milnio. O futurismo teve aceitao ampla na Igreja primitiva, que acreditava nos eventos futuros. Um tero da Bblia profecia e a maior parte dela versa sobre o futuro. Uma abordagem literal das escrituras ser futurista conseqentemente. As vantagens do futurismo so relacionadas a textos da Bblia que indicam a vinda pessoal e fsica de Jesus a terra pela segunda vez (At 1:9-11; Lc 21:27). Na Bblia lemos sobre dias, meses e anos, que devem ser aceitos literalmente.

5

Como se distinguem entre si "o Dia de Jesus Cristo", "o Dia do Senhor" e o "Dia de Deus"?Na 1 Tessalonicenses, o apstolo Paulo fala principalmente do "Dia de Jesus Cristo" (arrebatamento) e na 2 Ts fala do "Dia do Senhor" (Tribulao). No versculo 1, da 2 Ts, ele menciona a "vinda de nosso Senhor Jesus Cristo" e a nossa "reunio com Ele" (arrebatamento). No versculo 2, do mesmo captulo, ele fala do "Dia do Senhor". Vejamos as diferenas: O "Dia de Jesus Cristo" foi revelado somente no N. T. e se aplica unicamente Igreja de Jesus. Ele est relacionado quase sempre com bnos, com promessas e com a esperana da glria de Cristo. Ele diz respeito ao arrebatamento, retorno dos crentes renascidos para o reino do Pai (a casa do Pai), mas tambm ao tribunal de Cristo que vai acontecer nessa ocasio. (1 Co 1:7-8; 5:5; 2 Co 1:14; 5:10; Fp 1:6, 10; 2.16; Cl 3:3-4; 1 Ts 4:15-18; 2 Ts 2:1; 1 Tm 6:14; 2 Tm 4:8; 1 Pe 1:7; 4:13 e 1 Jo 2:28). O "Dia do Senhor" tem a ver com o justo juzo de Deus que cair sobre o mundo incrdulo e castigar a rebelio contra Ele. Trata-se da interveno evidente e visvel de Deus nos acontecimentos deste mundo. Esse dia (semana de anos) o dia da Grande Tribulao e comea depois do "Dia de Cristo", ou seja, depois do arrebatamento. (Is 2:12, 19; Ez 30:3; Jl 1:15; 2:1-2; Sf 1:14; Zc 14:4-5, 8; At 2:19-20; 1 Ts 5:1-5; 2 Ts 2:2, 10-12; 2 Pe 1:16; 3:10; Jd 14-15; Ap 6:15-17). O "Dia de Deus" (aps todos os acontecimentos mencionados anteriormente) o dia em que o prprio Deus triunfar definitivamente, depois que todo o mal tiver sido afastado e tudo estiver implantado na nova situao eterna e permanente, quando Deus ser tudo em todos. (1 Co 15:25-28; 2 Pe 3:12-13).

6 A Importncia de estudarmos as 70 semanas de Daniel: Por que os lderes espirituais de Israel negligenciaram completamente a profecia das 70 semanas de Daniel? A resposta realmente bem