Liderança e Relações Interpessoais

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Liderança e Relações Interpessoais. “ ... Sem lidar com o campo afetivo, continuaremos a oferecer ao mundo indivíduos fixados em padrões infantis de comportamento, sentimento e pensamento e, certamente, não seremos capazes de atingir a meta de educar pessoas para a plenitude do crescimento.” - PowerPoint PPT Presentation

Text of Liderança e Relações Interpessoais

  • Liderana e Relaes Interpessoais

  • ... Sem lidar com o campo afetivo, continuaremos a oferecer ao mundo indivduos fixados em padres infantis de comportamento, sentimento e pensamento e, certamente, no seremos capazes de atingir a meta de educar pessoas para a plenitude do crescimento. Claudio Naranjo

  • UNIDADE IA dinmica de GrupoO mundo emocional no como se supe a primeira vista algo invisvel aos olhos ou aos sentidos. Se expressa o tempo todo, nos olhares, andares, ritmos, gestos, respiraes, posturas, tons e timbres de voz, para citar alguns elementos. O que chama ateno que todos ns temos um jeito, uma forma psicofsica de estar, que torna-se a marca de cada um.Michel Robim Rabinowit

  • Kurt Lewin estudos para a compreenso de algumas diferenas sociais e psicolgicas.Estudo da natureza do grupo.A base social da vida de um indivduo uma questo fundamental e deve ser pontuada e conscientizada.Conceitos : teoria de campo, atmosfera grupal e status social.

  • Campo / Espao de VidaPACDEBAtmosfera Grupal / Clima Grupal o grupo mais do que a soma de seus elementos...Status social necessidade de pertencer a um grupo, ocupar uma determinada posio e sentir-se seguro.A = FamliaB= amigoC= escolaD= trabalhoP= pessoaM= Meio SocialM

  • PROCESSOS DO GRUPO INTERAO forma como os indivduos reagem em relao aos outros;ESTRUTURA Representa a origem das leis que governam o grupo. O que constri.COESO medida que o grupo cresce, as pessoas vo sentindo atrao pelas atividades em conjunto.Grupo pessoas reunidas e cada qual afetada de alguma forma pelos outros indivduos que o compe.

  • Tipos de grupo primrio e secundrios, formais e informais; homogneos e heterogneos, interativos e nominais, temporrios e permanentes; Formao espontneos e planejados;Tamanho grandes ou pequenos;Processo de crescimento do grupo : individualidade, aceitao mtua, subgrupos, integrao.

  • INFLUNCIA SOCIAL E LIDERANA Ser possvel o ser humano conviver com urbanidade sem precisar estar sujeito presena de um lder?Vivemos organizados em grupos e normalmente exercendo liderana ou sujeitos a um lder. A vida em grupo depende de fatores complexos que determinam a ao do grupo sobre o indivduo, do indivduo sobre o grupo e da ao do lder. Tipos de Liderana Autoritria, democrtica e a laissez-faire.

  • AQUISIO DE COMPETNCIA INTERPESSOAL Desde os primeiros dias de vida somos inseridos na vida grupal. Passamos, ento a adquirir gradativamente habilidades e competncias que nos acompanharo pela longa jornada da nossa existncia e convivncia social. Na medida em que nos tornamos mais hbeis nessa competncia, melhor nos integramos aos grupos.Uma das condies para o estabelecimento de bons relacionamentos aceitar que as pessoas so diferentes e respeitar as diferenas individuais prprias de cada uma delas. O primeiro passo nessa direo o processo de autoconhecimento.

  • INDIVDUO Caractersticas inatas e adquiridasPERSONALIDADECarter aspectos morais ou a marca pessoalTemperamento aspectos da hereditariedade e da constituio fisiolgica que interfere no ritmo individual.Trao de Personalidade caracterstica permanente que so inferidos a partir do comportamento.

  • INTELIGNCIA EMOCIONALIntrapessoal e InterpessoalIntrapessoal habilidades pertinentes prpria pessoa. Autoconhecimento conscincia de si mesmo; Autodomnio resultado do autoconhecimento. Domnio de nossos sentimentos. Automotivao estar motivado para a vida. Interpessoal- habilidades de relacionamento com outras pessoas. Empatia movimento de solidariedade, compreender os sentimentos dos outros. Aptides Sociais Interagir com facilidade, lidar bem com as emoes nos relacionamentos.

  • MOTIVANDO EQUIPES DE TRABALHOMotivar significa ter motivos. Razes para realizar alguma coisa.Motivo, necessidade, impulso, instinto so constructos, processos internos hipotticos que parecem explicar o comportamento, mas no podem ser diretamente observados ou medidos.Os motivos dirigem o comportamento do indivduo para o objetivo mais adequado para satisfazer a necessidade.

  • Como motivar?Teoria do Condicionamento reforo e recompensa;Teoria Cognitiva o homem decide o que quer ou no quer fazerTeoria Humanstica Hierarquia das necessidades

    Necessidades FisiolgicasNecessidades de SeguranaNecessidades Sociais, de Amor e participaoNecessidades de Estima ou StatusNecessidade de RealizaoNecessidade de Conhecimento e CompreensoNecessidades Estticas

  • O ser humano necessita de uma estrutura de valores, uma filosofia de vida... Por que possa pautar sua vida e compreenso, aproximadamente no mesmo sentido em que precisa de sol, clcio ou amor.H dois conjuntos de foras puxando o indivduo, no um apenas. Alm das presses no sentido do desenvolvimento e da sade, existem tambm presses regressivas, geradas pelo medo e a ansiedade, que o empurram para a doena e a fraqueza.Abraham Maslow