Oeste Semanal Edição 22

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Oeste Semanal Edição 22

Text of Oeste Semanal Edição 22

  • Ano I N 22 Lus Eduardo Magalhes, 6 a 12 de agosto de 2011

    Oeste AC

    IDADE

    EM REVIS

    TA

    SEMANAL

    Preo do exemplar em banca

    R$ 1,00

    Leia as colu nas de Sebastio Nery, LucianoDemetrius, TizzianaOliveira e Rafael Dias

    A AGENDA DACIDADE ESTNA PGINA 7

    Tiragem desta edio

    5.000e x e m p l a r e s

    Macrodrenagem para evitar enchentes. Pgina 6

    Em 90 dias, no ser mais preciso ir a Barreiras para tirar carteira de motorista. Pgina 3

    CERCA de 5 mil pessoas participaram da caminhada promovida pela Ordem dos Ministros Evanglicos de Lus Eduardo Magalhes, na tera-feira, 2.

    A M A R C H A P A R A J E S U S

    Enfim, o Detran em Lus Eduardo

    HENRIQUE CABELO

    Ministro vem para inauguraode ginsio de esportes. Pgina 6

    Em uma semana, seis pedestresso vtimas de assalto. Pgina 11

  • Oeste Semanal Lus Eduardo Magalhes, 6 a 12 de agosto de 20112

    Publicao da Oeste Comunicao Integrada Ltda.Rua Jorge Amado, 1.327 Jardim Paraso CEP47.850-000 Lus Eduardo Magalhes/BAInscrio muni ci pal 007132/10CNPJ 12.835.627/0001-41 - Telefone (77) 3628-0686oes te se ma nal@diariodooeste.com.br

    SCIOS-DIRETORESAntonio Calegari / Pedro Callegari

    REDA OJoo Penido (edi tor), Antonio Calegari, LucianoDemetrius Leite, Raul Beiriz Marques, Rafael Dias,Sebastio Nery, Tizziana Oliveira, Henrique Cabelo(fot gra fo e dia gra ma o), Paulo Cezar Goives (pro -je to gr fi co)

    PUBLICIDADEJuliana Cadore

    CIR CU LA OAroldo Vasco de Souza

    IMPRES SOGrfica F. CmaraCsg 09 LOTE 03 GAL PO 03 Taguatinga Sul Distrito Federal Fone (61) 3356-7654

    TIRA GEM*5 mil exem pla res

    *Tiragem jura da pela edi to ra, com pro v vel quan do da

    impres so do jor nal, na Grfica F. Cmara, a par tir das23 horas das sextas-feiras e quan do do in cio da dis tri -bui o das edi es, na Rua Jorge Amado, 1.327 Jardim Paraso Lus Eduardo Magalhes, a par tir das7 horas da manh dos sbados.

    As publi ca es da Oeste Comunicao OesteSemanal e DiariodoOeste.com.br no publi cam mat -rias reda cio nais pagas sem caracteriz-las comoInforme Publicitrio.

    A Oeste Comunicao tam bm edita o site onli neDiariodoOeste.com.br.

    I N F O R M A O E O P I N I O

    P R E Z A D O L E I T O R

    Lus Eduardo expor tou65% mais no semes treA s expor ta es de Lus Eduardo Magalhes aumen ta ram 65% no pri mei ro semes -tre deste ano, na com pa ra o com igual pero do do ano pas sa do, para US$ 207milhes, de acor do com dados da Superintendncia de Estudos Econmicos eSociais da Bahia (SEI). Soja, algo do e mamo puxa ram as ven das para o exterior.

    A China foi a maior com pra do ra de Lus Eduardo. Foram para l 30% das expor ta esdaqui ou US$ 69 milhes,alta de 92% sobre igualpero do do ano passado.

    Entre os dez prin ci pais muni c pios expor ta do res baia nos, trs apre sen ta ram quedana com pa ra o com o semes tre do ano ante rior: Camaari (-8%), Barreiras (-25%) e SoDesidrio (-2%).

    Com ven das totais de US$ 4,9 bilhes em seis meses, a Bahia teve alta de 18,4% nacom pa ra o com igual pero do de 2010.

    O CEO mun dial da Caterpillar, DavidCalhoun, vai desem bar car em setem brono Brasil. Vem para anun ciar pre si den teDilma Rousseff um dos maio res inves ti -men tos j fei tos pela empre sa no Brasil.Os norte-ame ri ca nos vo apor tar cercade US$ 300 milhes em sua ope ra o fer -ro vi ria no pas. O pro je to inclui a cons -tru o de dois cen tros de manu ten o devages e loco mo ti vas, um em MinasGerais e outro no Nordeste, e a ins ta la ode uma fbri ca de moto res a die sel, pro -va vel men te em So Paulo. Esta ser a pri -mei ra uni da de indus trial do gne ro mon -ta da pela Caterpillar fora dos EstadosUnidos. Todos os inves ti men tos sero fei -tos por meio da Progress Rail, brao fer -ro vi rio da Caterpillar. O obje ti vo dosnorte-americanos ver ti ca li zar toda suaope ra o fer ro vi ria no Brasil. O grupo jpro duz equi pa men tos no pas e recen te -men te anun ciou a cons tru o de suasegun da fbri ca de locomotivas. Com esteinves ti men to, a sub si di ria bra si lei ra sera maior base indus trial da Progress Railfora dos Estados Unidos. Segundo infor ma es fil tra das junto pr pria Caterpillar, os norte-americanosele ge ram o Brasil como o segun do mer ca -do mais impor tan te do grupo em todo omundo, atrs ape nas da pr pria matriz.De acor do com a mesma fonte, a empre saj pla ne ja seu pr xi mo passo no pas: apro du o de vages, inves ti men to quedeve r sair do papel at 2013. A com pa -nhia pre ten de, inclu si ve, dis pu tar con ces -ses fer ro vi rias ao lado de ope ra do res dosetor, entran do como scia mino ri t riada operao. O obje ti vo criar deman dapara o for ne ci men to de vages, loco mo ti -vas e demais equipamentos. A Caterpillarpre ten de tam bm se apro vei tar de uma

    bre cha da ANTT. Recentemente, a agn -cia regu la do ra abriu o mer ca do fer ro vi -rio a ope ra do res que no so neces sa ria -men te donos de concesses. Estes gru pospode ro uti li zar as fer ro vias j exis ten tescom vages pr prios ou alu ga dosmedian te o paga men to de taxas aos con-cessionrios. Dentro da Caterpillar, todo este pro je to cha ma do iro ni ca men te de OperaoGE. O obje ti vo da empre sa tirar mer ca -do de uma de suas maio res con cor ren tesmundiais. Dona de uma fbri ca de equi -pa men tos fer ro vi rios em Minas Gerais, aGeneral Electric tem con quis ta do impor -tan tes con tra tos no Brasil.

    Terra chi ne sa

    Um dos maio res con glo me ra dos agro -pe cu rios da China, o Beidahuang Groupest com pran do ter ras no semi ri do doNordeste brasileiro. Tudo com muita dis -cri o e usan do como biom bo um grupode inves ti do res da regio. O obje ti vo doschi ne ses o plan tio e a expor ta o demilho e soja para a sia. S na aqui si odas reas de cul ti vo, o Beidahuang estinves tin do R$ 200 milhes.

    Terra fr til

    A crise na Europa e nos Estados Unidosvirou um bom neg cio para gru posagroin dus triais brasileiros. O Banco doBrasil, por exem plo, aumen tou em 30% ovolu me de cr di to para que empre sas dosetor com prem ati vos no exterior. O totalde recur sos em 2011 deve r che gar a R$600 milhes.

    Caterpillar investeum comboio dedlares no Brasil

    Copyright Relatrio Reservado, publi ca odi ria espe cia li za da em insi de infor ma tionedi ta da pela Insight Comunicao.

    www.relatorioreservado.com.br

    O que faz quemgarim pou votos por aqui

    Nas elei es de 2010, Kelly Magalhes(PCdoB) obte ve, em Lus EduardoMagalhes, 5.403 votos, que aju da ram aeleg-la depu ta da estadual. Herbert Barbosa(DEM) foi o segun do can di da to mais vota dona Cidade, com 1.300 votos, segui do de MrioNegromonte Jnior (PP), com 1.188. Outrodepu ta do elei to que garim pou votos em LusEduardo foi Marcelo Nilo (PDT), com 448.

    Suas exce ln cias, em retri bui o a essesvotos, bem que pode riam infor mar ao dis tin -to pbli co o que fize ram por Lus Eduardodepois de empossados. Poderiam come arlis tan do quan tos dis cur sos ou inter ven esfize ram cobran do a falta de ju zes de Direito,de car t rios e de repre sen ta o de rgosesta duais e fede rais na Cidade.

    ...Menos obri ga o tem o depu ta do Cac

    Leo (PT), que aqui s teve 42 votos na lti maelei o para esta dual, ape sar de seu pai, JooLeo, ter obti do mais de 3 mil para federal.

    E o que faz Oziel

    Enquanto o cida do de Lus Eduardo seirri ta com a falta de ser vi os essen ciais naCidade, como agn cias do INSS e Detran, odepu ta do Oziel Alves de Oliveira (PDT), queteve mais de 10 mil votos para fede ral,defen de a cria o do Estado do SoFrancisco.

    Sem som bra

    A con ti nuar o ritmo da secre t ria de MeioAmbiente, Fernanda Aguiar, a Cidade con ti -nua r com pou cas som bras de rvo res no

    pero do seco. O Centro, onde mais se pro cu -ra som bra, est como esta va h um ano.

    A secre t ria est mais preo cu pa da comedu ca o ambien tal do que em arbo ri zar aCidade.

    Duplicao atra sa

    A rou ba lhei ra no tal Dnit pre ju di ca LusEduardo. Com tanto rombo a tapar noMinistrio dos Transportes e no ex-DNERde rou ban a mem ria, a dupli ca o da BR020/242 per ma ne ce enga ve ta da, assimcomo a ope ra o tapa-buraco na 242.

    Saudoso Bezerra

    Voc me cha mou para esse pago de,e me avi sou: Aqui no tem pobre!At me pediu pra pisar de man si nho, por quesou da cor,eu sou escurinho...Aqui real men te est toda a nata: dou to res,senho res,at mag na taCom a bebe dei ra e a dis cus so, tirei a minhacon clu so:Se gri tar pega ladro, no fica um meuirmo.

    Tentativa de assal to

    Recebi no dia de hoje o jor nal Oeste efiquei sur pre so com uma not cia na pgi na10, com o ttu lo: Dono de lot ri ca peladres para cor rer. Concordo com a mat -ria em parte. Onde diz que eu peguei umaespin gar da e corri atrs dos ladres no verdadeira. Sinceramente. no sei quemcriou essa histria. A ver da de que, comoeles (os ladres) no con se gui ram entrar e

    fica ram muito tempo expos tos e pode riache gar a pol cia, cor re ram em reti ra da, con -for me cons ta na filmagem. Eu nem me con -fron tei com eles e nem havia armas na lot -ri ca naque le momento. Estavmos eu, aminha filha e minha espo sa no momen toque ocor reu a ten ta ti va de assalto.

    Estou escla re cen do, para que no haja mal

    enten di dos e que no ocor ram ms inter -pre ta es sobre os fatos.

    AtenciosamenteLus Barcellos

    NOTA DA REDAO. As informaessobre a tentativa de assalto foram obtidasjunto a familiar do Sr. Barcelos.

  • Oeste Semanal Lus Eduardo Magalhes, 6 a 12 de agosto de 2011 3C I D A D E

    Enfim, o Detran na CidadeExames prticos j podero ser feitos a partir desta tera-feira; tericos, em at 90 dias

    F inalmente, os mora do res de LusEduardo Magalhes no vo pre ci sarmais ir a Barreiras para tirar car tei ra demoto ris ta ou fazer vis to ria de ve cu lo, anun -ciou o p