Click here to load reader

pes · Web viewHoward Gardner e sua Teoria das Inteligências Múltiplas representam um grande avanço em relação à visão inatista de conhecimento, que preconiza que cada pessoa

  • View
    218

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of pes · Web viewHoward Gardner e sua Teoria das Inteligências Múltiplas...

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL

FACULDADE DE EDUCAO

LICENCIATURA EM PEDAGOGIA

DEPARTAMENTO DE ESTUDOS ESPECIALIZADOS

DISCIPLINA PESQUISA EM EDUCAO EDU03080

TURMA A 2011/2

PROFA. DRA. LILIANA MARIA PASSERINO

ESTAGIRIO LOURENO DE OLIVEIRA BASSO

ALUNA ANDRA LUCAS BENTO DE MORAES MAT. 214068

PROJETO DE PESQUISA

PORTO ALEGRE, RS, NOVEMBRO DE 2011.

Todos somos inteligentes e todos podem aprender. A educao precisa justificar-se realando o entendimento humano.

Howard Garner

SUMRIO

1 Dados de identificaoPg. 3

2 IntroduoPg. 3

3 Problema, Hipteses e ObjetivosPg. 4

4 Proposta MetodolgicaPg. 5

5 Etapas previstasPg. 6

6 Instrumentos que sero utilizadosPg. 7

7 Reviso de LiteraturaPg. 7

8 Estado da ArtePg. 7

9 RefernciasPg.11

10 ApndicesPg. 16

11 Termo de ConsentimentoPg. 24

1 DADOS DE IDENTIFICAO

Ttulo do Projeto:

Somos todos inteligentes e capazes de aprender: a Teoria das Inteligncias Mltiplas fonte de esperana de uma escola capaz de formar alunos para pensar, compreender e transcender.

Temtica:

A Teoria das Inteligncias Mltiplas, de Howard Gardner e a importncia do diagnstico psicopedaggico dos alunos, para estabelecer parmetros de reconhecimento da diversidade de inteligncias e construir uma metodologia de ensino/aprendizagem de alta qualidade.

2 INTRODUO

O tema das Inteligncias Mltiplas tem despertado interesse em estudiosos da psicologia, da pedagogia e da psicopedagogia, por representar um avano considervel na concepo do aluno por parte de quem o avalia. Desde que tive contato com o assunto, no primeiro ano do curso de Pedagogia, na UNISUL/SC, fiquei fascinada pelo brilhantismo da teoria de Gardner. Howard Gardner e sua Teoria das Inteligncias Mltiplas representam um grande avano em relao viso inatista de conhecimento, que preconiza que cada pessoa trs consigo o potencial para determinada inteligncia, de forma inata, no sendo vivel que o meio no qual est inserida altere este comportamento. Esta tica de percepo do indivduo altamente reducionista, desanimadora e determinista, no deixando margem para superao, nem para a esperana de crescimento e aquisio de novas aptides.

Howard Gardner um psicanalista americano, professor da Universidade de Harvard (uma das instituies mais respeitadas no ambiente acadmico) e o criador da Teoria das Inteligncias Mltiplas. Dono de uma extensa produo bibliogrfica sobre o recorrente tema da inteligncia destacamos quatro obras, que norteiam a viso inspiradora do autor, que afirma que todos so inteligentes e que todos podem aprender: sua obra de 1994, intitulada: Estruturas da Mente: a Teoria das Inteligncias Mltiplas; Inteligncias Mltiplas: a teoria na prtica, de 1995; Inteligncia: mltiplas perspectivas, de 1998 e Inteligncia: um conceito reformulado, de 2000.

Gardner participou, nos anos oitenta, de um grupo de estudos chamado A natureza e a realizao do potencial humano, que visava identificar o potencial cognitivo dos indivduos. Junto a outros pesquisadores de Harvard, estudou diversos perfis de populaes, incluindo crianas que apresentavam dficit de

3

aprendizagem, e concluiu que, todo indivduo considerado normal capaz de atuar em diferentes tipos de inteligncia, pois h pluralidade de inteligncia em cada um, ou, em outras palavras, todas as pessoas possuem inteligncias mltiplas. Foram identificadas inicialmente oito inteligncias: lingstica, musical, lgico - matemtica, espacial, naturalista, intrapessoal, interpessoal e corporal - cinestsica. Na sequncia, foram identificadas mais duas: pictogrfica e existencial (espiritual).

Passando da teoria prtica, Gardner coordena um projeto de escola experimental, com equipes interdisciplinares, junto Universidade de Harvard, denominado Projeto Zero, que procura adaptar as tcnicas de ensino para o desenvolvimento simultneo das mltiplas inteligncias dos alunos, atravs de um currculo que inclui a msica, a dana, a dramatizao e o desenho, s demais disciplinas. O objetivo desenvolver uma escola capaz de trabalhar com as diversidades, voltadas para o objetivo maior do projeto: ensinar para a real compreenso, o que torna quem aprende capaz de estabelecer conexes, criar e recriar hipteses, enfim, crescer e desenvolver-se.

Com base na viso de Gardner, este projeto de pesquisa visa observar e constatar a presena das inteligncias mltiplas em alunos do primeiro ano do ensino fundamental, de uma escola privada, considerada de alto padro de qualidade de ensino, na cidade de Porto Alegre, RS. A populao pesquisada ser de crianas de seis a sete anos de idade, durante o perodo de tempo de trs meses. Como o autor psicanalista e aborda conceitos especficos desta rea, a pesquisa buscar verificar a importncia do trabalho do psicopedagogo da escola na identificao, via diagnstico psicopedaggico, das inteligncias mltiplas das crianas, como forma de traar um perfil para auxiliar o professor titular da turma a desenvolver atividades didtico-pedaggicas capazes de estimular e desenvolver as potencialidades de inteligncias de cada criana.

3 PROBLEMA E OBJETIVOS

O Problema de Pesquisa consiste no seguinte:

possvel identificar inteligncias mltiplas nos alunos do primeiro ano do ensino fundamental?

Com base no problema de pesquisa, podemos elencar como Hipteses que norteiam a pesquisa:

1) Se partirmos do pressuposto que as inteligncias mltiplas podem ser constatadas e trabalhadas com a didtica apropriada, ento poderemos vivenciar a mxima de Gardner de que todos somos inteligentes e todos podem aprender;

2) Se realizarmos observaes minuciosas do comportamento das crianas, da forma como

4

resolvem as tarefas e como interagem com o grupo, ento poderemos traar um perfil de comportamento associado aos dez tipos de inteligncia propostos por Gardner;

3) Se aplicarmos questionrios baseados no mtodo de pesquisa das inteligncias mltiplas, inspirados em Gardner, ento poderemos identificar a inteligncia preponderante de cada criana, bem como as demais inteligncias que esta possui;

4) Se constatarmos as inteligncias preponderantes de cada criana, bem como as demais inteligncias associadas, ento poderemos traar um perfil individual do aluno e um perfil geral da turma, para fornecer embasamento para um estudo didtico-pedaggico, sobre a melhor metodologia de ensino, para que este grupo aprimore potencialidades em destaque e venha a ser despertado no tocante s demais possibilidades de crescimento cognitivo;

5) Se o psicopedagogo da escola utilizar seus conhecimentos, que aliam a pedagogia com a psicologia, analisando as crianas e elaborando um diagnstico psicopedaggico sobre as possibilidades cognitivas, ento teremos um embasamento terico e prtico das aptides das crianas e poderemos consolidar uma reformulao do plano de ensino, para contemplar o trabalho com a diversidade de inteligncias.

Dentre os Objetivos da pesquisa, elencamos:

1) difundir a Teoria das Inteligncias Mltiplas, de Howard Gardner;

2) disseminar a viso de Gardner de que todos somos inteligentes e de que todos podem aprender, pelo aspecto positivo e cativante deste conceito, capaz de elevar a auto-estima das crianas e de proporcionar a elas o gosto pelo estudo, a vontade de estudar e de desenvolverem-se em diferentes reas do conhecimento humano;

3) traar um perfil individual e grupal das inteligncias mltiplas dos alunos de uma turma do primeiro ano do ensino fundamental de uma escola privada, de Porto Alegre, RS;

4) realizar uma avaliao da metodologia de trabalho elaborada pela escola para a turma especfica que ser observada e discutir formas de alterar a didtica empreendida, para abranger as diversas inteligncias, com tcnicas diferenciadas para estimular aspectos pouco trabalhados;

5) atuar junto ao psicopedagogo da escola, para avaliar os diagnsticos psicopedaggicos de cunho cognitivo, triangulando-os com os resultados dos questionrios sobre o mtodo de Gardner e estabelecer um perfil individual e geral sobre as inteligncias mltiplas constatadas.

4 PROPOSTA METODOLGICA

O Estudo de Casos Mltiplos o mtodo escolhido para esta pesquisa. Na medida em que alunos do primeiro ano do ensino fundamental de uma escola

5

privada, de Porto Alegre, RS, sero observados quanto s inteligncias mltiplas que possuem e respondero a questionrios individuais, que sero carregados num software, denominado Teste Suas Inteligncias, desenvolvido pelo Colgio Gardner, de Santa Catarina (Disponvel em: www.colegiogardner.com.br/inteligencias.php.) e com base nos dados emitido um resultado, fruto da aplicao prtica da teoria de Gardner (j que a escola foi fundada seguindo a ideologia do autor) e adotando a Teoria das Inteligncias Mltiplas como elemento norteador da prtica pedaggica.

Uma vez concluda a aplicao dos testes, os dados sero organizados de modo a tabularem-se as semelhanas e as diferenas, quando poderemos apurar se, de fato constatvel a existncia das inteligncias mltiplas no mbito da sala de aula. A etapa seguinte utilizar o conhecimento do psicopedagogo da escola, para que este diagnostique as inteligncias mltiplas, sem ter conhecimento prvio dos dados apurados pelo questionrio dos alunos. Triangulando-se estas informaes, poderemos alcanar um esboo sobre as potencialidades de inteligncias presentes nesta turma de alunos. Neste momento ser pertinente reunir a direo, a equipe pedaggica, os professores, o psicopedagogo e a pesquisadora, para uma avaliao dos resultados.

Com a metodologia do Estudo de Caso a idia envolver o grupo de alunos de uma mesma turma, para conhec-los mais, perceber seus anseios, suas aptides, e tornar possve

Search related